Cânfora: benefícios, origem e curiosidades

Cânfora

Só quem vive preocupado ou estressado sabe quanto os momentos de calma e relaxamento merecem ser priorizados. É exatamente por isso que muitas pessoas acabam por recomendar a utilização do óleo de cânfora. É por meio dele que conseguimos uma maior sensação de bem-estar, principalmente quando aplicado sobre a pele.

Além disso, você também pode utilizar a substância como meio repelente, sedativo ou analgésico. São muitas as vantagens em um simples frasco, mas também é preciso tomar cuidado com os excessos. De acordo com o ditado popular “tudo de mais é veneno”. Então, aproveite para conhecer um pouco mais dos benefícios e propriedades dessa substância.

Cânfora: o que é?

Cânfora

Esta é uma substância conhecida como terpeno que, historicamente, é retirada de uma árvore canforeira. Seu nome científico é Cinnamomum camphora, mas também é comumente desenvolvida por meio da utilização de misturas químicas em uma laboratório. Sabendo disso, é possível entender que a sua produção tanto pode ser natural como pode ser artificial.

Falando em um contexto cultural, essa substância é muito utilizada na medicina tradicional, sendo usada com a função de repelente para insetos e outros tipos de animais. Por possuir um aroma muito agradável, ela também podem ser inserida no meio de cosméticos, preparação de fluidos de embalsamento e outros usos. A Índia é o país que mais utiliza a cânfora como tempero e cerimônias religiosas.

A árvore que dá origem à substância é originalmente da ásia oriental, objetivamente falando: Ilha Formosa, Japão e China. Ela também pode ser produzida em menores quantidades por outras plantas, como é o exemplo do alecrim e do manjericão. Sua função é muito importante para a defesa do ataque de predadores naturais. Aquele olho essencial que consumimos do alecrim tem uma composição de 10% a 20% da substância.

Agora que você já sabe um pouco mais a respeito da cânfora, que tal saber seus benefícios?

Alívio da pele

Atualmente, não é nada incomum acabar encontrando cremes e tratamentos para a pele com a composição desta substância. Isso acontece graças à capacidade de aliviar irritações e coceiras em quem a utiliza. Querendo ou não, esse é um grande benefício. A promoção de uma aparência mais jovial na pele é outro resultado muito buscado em produtos como esse.

Além de todos esses efeitos estéticos, a cânfora também possui propriedades contra bactérias e fungos, protegendo a sua pele para que fique longe de infecções. Ela também previne o aparecimento de acne, além de poder combater as manchas na pele e rugas.

Alívio para o corpo

Para quem tem uma longa rotina, é necessário um pouco mais de descanso. Caso essa lógica seja quebrada, é bem possível que todos os seus músculos passem a doer bem na hora de dormir. Quando sentimos dor, a qualidade do nosso sono pode ser reduzida drasticamente e, por isso, é preciso encontrar um meio de combatê-la.

A utilização do óleo de cânfora permite que as dores no seu corpo, pouco a pouco, sejam substituídas por um bem-estar indescritível. É assim que você conseguirá se manter em pé no dia seguinte. Esse resultado é proporcionado por sua ação anti-inflamatória, que age diretamente nos músculos afetados.

Cânfora para tratar queimaduras

Assim como foi dito anteriormente, essa substância tem um grande poder sobre a pele. Além da capacidade de reduzir a acne a nada, ela também pode fazer com que manchas e rugas sumam como um passe de mágica. Além de seu poder anti-inflamatório, a função calmante também atua de maneira predominante.

Dessa maneira, por conseguir acalmar os tecidos da pele, a sua cicatrização será muito mais rápida e fácil, possibilitando o desaparecimento de queimaduras. Esse benefício foi comprovado por meio de um estudo da Universidade de Ciências Médicas do Irã.

Melhora na respiração

Só quem tem dificuldades para respirar sabe o quão complicado é para fazer qualquer atividade, seja um exercício básico como uma caminhada ou, até mesmo, para conseguir dormir tranquilo. Por isso, é necessário ter algum meio de combater esse fator, principalmente quando a umidade do ar cai, dificultando a normalização do processo respiratório.

Ao utilizar o óleo de cânfora como tratamento, você pode ter um descongestionante natural em suas mãos, além de poder combater a tosse e a insônia. Para ter uma melhor qualidade de vida, não é necessário tirar muito dinheiro do bolso. São as pequenas coisas que fazem a diferença.

Estímulo ao sistema nervoso

Não é segredo para ninguém que, atualmente, vivemos em um mundo recheado de estresse, ansiedade e uma correria sem igual. Não é para menos que tendemos a adoecer mais, sentir mais dores de cabeça e no corpo. A parte mais prejudicada no organismo por causa de uma rotina como essa é o sistema nervoso.

As propriedades contidas na cânfora podem ser muito úteis para fazer com que o nosso sistema nervoso seja estimulado e, dessa maneira, o desgaste mental não seja tão grave quanto sabemos que é. Ela pode ser utilizada no meio de exercícios físicos e ioga, melhorando a respiração e reduzindo a ansiedade.

Curiosidades sobre a cânfora

Cânfora

Assim como todos os produtos que são aplicados ao redor do mundo, essa pequena substância não poderia ficar de fora de uma vasta lista de curiosidades. Você sabia que, na Índia, a cânfora é utilizada para “esclarecer” mais a respeito do que está acontecendo ao nosso redor? Segundo a cultura, queimá-la faz com que vejamos a verdade.

Outro detalhe muito curioso a respeito desse tipo de gesto é que se acredita que a prática funciona como um meio de purificar o ar, fazendo com que bactérias, vírus e mosquitos sejam eliminados de uma vez por todas. Além disso, a sua utilização sobre o peito irá aliviar grandemente a congestão nasal e a tosse, sendo grande aliada durante gripes e resfriados.

Você também pode utilizar a cânfora, em gotas, sobre a garganta para eliminar a tosse, bem como em locais de coceira para fazer com que a dor local desapareça. A massagem com o óleo também permite uma maior sensação de bem-estar, reduzindo as dores causadas pela artrite ou pelos músculos já cansados.

Veja mais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *