Como aliviar dor de garganta: dicas

Como aliviar dor de garganta

Na maior parte das vezes, a dor surge sem nenhum tipo de explicação. Mesmo que isso aconteça, é sempre bom ter um truque na manga para fazer com que ela passe rapidamente e não acabe atrapalhando em atividades simples do cotidiano. Saber como aliviar dor de garganta pode ser realmente importante para os momentos em que você estiver precisando.

Esse tipo de dor pode ser um dos primeiros sintomas que surgem para alertar acerca de uma gripe ou resfriado. Além disso, não podemos negar, de maneira nenhuma, que é algo bastante incômodo e que, se houver uma maneira de se livrar, o faremos com rapidez.

Como aliviar dor de garganta: significado e métodos

A garganta inflamada por até ser um problema corriqueiro, mas é sempre interessante ter conhecimento do que pode vir em seguida. O seu incômodo é bastante significativo e pode, até mesmo, atrapalhar atividades do cotidiano. Por isso, quanto mais cedo conseguirmos nos livrar dos sintomas, melhor será para nós.

É válido ressaltar, também, que existe uma certa diferença entre a dor de garganta causada por sua inflamação sintomática ou por uma infecção mais grave. Na maior parte dos casos, os remédios caseiros são indicados para quem está com sintomas de gripe e quer aliviar o mais rápido possível.

Sendo assim, sempre que as coisas estiverem um pouco diferentes do habitual, como, por exemplo, uma crise de garganta que não passa, não deixe de ir ao médico para entender quais são as causas. Assim, as chances de eliminar o problema são ainda maiores.

Quando estamos falando a respeito de doenças virais, o mais importante é não utilizar antibióticos em seu tratamento. Por isso, quando falamos em um médico, ressaltamos a sua importância na orientação sobre como o paciente deve proceder em determinados casos. Sabendo disso, alguns tratamentos caseiros podem ser feitos para aliviar os sintomas.

Gargarejo de água morna e sal

Como aliviar dor de garganta

Talvez esse seja um dos métodos mais clássicos que conhecemos. Além disso, é bem provável que já o conheça por intermédio da sua mãe ou dos seus avós. No entanto, mesmo que seja algo repassado de geração em geração, ele ainda é muito válido e pode, sim, ser usado com segurança para aliviar dor de garganta.

A água morna, em si, ajuda a aliviar os sintomas da dor de garganta que esteja inflamada, visto que já é um ponto muito forte do gargarejo. Mesmo assim, é válido ressaltar que o tratamento sozinho não resolve o problema, mas sim ameniza os seus sintomas.

Mel quente com limão

O mel é um item indispensável quando o assunto são remédios caseiros. O que contribui para esse fato é a sua ação microbiana. Na maior parte dos casos, ele ajudará a aliviar a dor. De todo o modo, é bom entender que a ação é apenas momentânea, não sendo capaz de curar, por completo, uma garganta inflamada.

Por esses motivos, você precisa ser bastante cauteloso na hora de fazer a utilização. Quando adicionamos o limão à receita, é mais provável que consigamos fazer com que o anti-inflamatória natural haja na região, aliviando os sintomas ao mesmo tempo em que resolve o problema no geral.

Como aliviar dor de garganta: própolis

Como aliviar dor de garganta

O própolis também é um método bastante divulgado pelos nossos familiares, principalmente quando ainda somos crianças. Muito embora o seu sabor seja forte e, vez ou outra, nos arranque algumas caretas, ele realmente é efetivo e vale a pena investir.

Você pode encontrá-lo nos mais diversos formatos como, por exemplo, em extrato, tintura ou pó. Além disso, o spray bucal, pastilhas, balas, suspensão, xaropes, cápsulas e gotas também são extremamente aconselháveis para dar um jeito na sua garganta inflamada.

Gengibre

O gengibre, como você já deve saber após ler alguns artigos deste site, é responsável por promover uma melhora nos mais diversos setores da saúde. Por isso, quando o assunto é garganta inflamada, a sua menção tem todos os méritos. É válido lembrar que ele alivia os sintomas, mas não resolve por completo.

Você pode consumir o gengibre em seu formato original, em chá, na panela, em sucos ou, até mesmo, em pedaços. Há quem prefira comprar uma balinha ou uma pastilha para colocar na boca e ir sentindo o alívio pouco a pouco. Digamos que é a maneira mais agradável e recomendada para amenizar os sintomas.

Chás

Como aliviar dor de garganta

Não é novidade nenhuma que os chás são verdadeiros aliados na hora de tratar alguma doença. Seja gripe, nariz entupido ou dor de garganta, a temperatura um pouco mais elevada e os ingredientes que acompanham a água podem ser os seus maiores aliados na hora de aliviar alguns sintomas.

Quando se está com dor de garganta, uma das principais recomendações é fazer uma hidratação de maneira correta. Isso porque, com a lubrificação adequada das cordas vocais e da região atingida, você consegue maiores resultados. O chá apresenta exatamente isso: um meio líquido e de temperatura mais elevada.

Como aliviar dor de garganta: suco de laranja

O suco de laranja, com toda a certeza, é um dos maiores clássicos dessa lista. É muito provável que a sua mãe ou seu pai já tenham oferecido a fruta ou os seus derivados exatamente por causa da carga de Vitamina C. Em nenhum momento eles estiveram errados, afinal, o componente é muito importante para a recuperação.

Com o seu consumo, o aumento na imunidade é uma realidade. Assim, além de aliviar os sintomas incômodos da garganta inflamada, você ainda pode tratar do problema de maneira bem direta, caso se trate de uma gripe ou resfriado.

Como evitar a dor de garganta

Dor de garganta

Assim como qualquer outro tipo de doenças, se tivermos a oportunidade de evitá-las, nós o faremos. Com a dor de garganta não seria diferente, afinal, ninguém gosta de ser perseguido por um incômodo, ainda mais em uma área que tanto movimentamos.

Para que você não seja pego de surpresa com frequência, o ideal é se alimentar de maneira balanceada, não fumar, não consumir bebidas alcoólicas em excesso e dormir, pelo menos, 8 horas todos os dias.

Veja mais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *