Como conservar os alimentos: dicas práticas

Como conservar os alimentos

Talvez uma das coisas mais difíceis que possamos pensar é sobre como conservar os alimentos. Caso não seja feito da maneira correta, é bem provável que eles acabem estragando antes da hora ou simplesmente tenham uma de suas partes danificadas. Para que isso não aconteça, devemos tomar alguns cuidados bem específicos para dar continuidade à rotina de alimentação sem desperdícios.

São alguns cuidados no dia a dia que podem acabar por evitar que você perca uma boa parte dos seus alimentos. Além disso, a questão do desperdício é muito complicada e deve ser optada apenas em último caso, quando não há outras alternativas a serem pensadas.

Como conservar os alimentos: organizar a geladeira

Como conservar os alimentos

Organizar a geladeira é um dos primeiros passos para que você não possa perder nenhum dos seus alimentos. Isso porque, dentro dela, há uma estrutura para cada tipo de comida que será depositada. Se prestar bem atenção, na parte inferior, há uma gaveta unicamente dedicada aos legumes e, por isso, deve ser utilizada.

As frutas, as verduras e as carnes devem ser separadas adequadamente, visto que os seus materiais e composições são completamente diferentes, podendo contaminar uns aos outros. Cada um deles deve ficar na parte da geladeira que mais condiz com seus estados, como a carne deve ficar no congelador, por exemplo.

Controlar a umidade

Um dos principais problemas que acabam por fazer com que frutas e verduras estraguem antes do tempo de consumo é a alta umidade presente na geladeira. Isso porque nem todos eles são resistentes ao contato direto com o líquido e, consequentemente, podem vir a estragar.

Sendo assim, a maneira mais sensata de conseguir obter bons resultados para a conservação da sua alimentação é fazendo com que a sua geladeira não fique úmida. As gavetas devem estar sempre secas, visando conservar da melhor maneira possível os alimentos naturais.

Observar a validade

Outro grande problema que muitas pessoas não encaram de frente é o tempo de consumo de cada alimento. Há algumas pessoas que vão ao supermercado e sequer se dão ao trabalho de olhar a validade dos alimentos. Por isso, é muito comum que eles acabem estragando nos armários e, até mesmo, dentro da geladeira.

Sendo assim, a melhor maneira de fazer uma boa conservação, além de observar com atenção a validade, é respeitando o tempo de consumo de cada alimento. Evite o desperdício, principalmente em um país onde tantas pessoas sequer tem o que colocar na mesa durante as refeições.

Como conservar os alimentos: armazenar em recipientes

Como conservar os alimentos

Outro grande fator que acaba sendo até que comum entre os brasileiros é separar as comidas em potes. Além de otimizar espaço em um determinado local, é interessante para fazer com que o período de conservação tenha uma qualidade alta, além de não estragar os alimentos ali contidos.

No entanto, é necessário saber escolher os recipientes da maneira mais adequada possível. As verduras não devem ser guardadas de maneira direta na geladeira. Se preferir, embale-as adequadamente em um saco plástico ou coloque-as dentro de uma vasilha. Em contato direto com o gás da geladeira, elas podem murchar.

Usar potes de vidro

Como conservar os alimentos

É muito comum que tenhamos potes de plástico em casa, mas, se você não quer ter uma grande dor de cabeça com relação à limpeza dos seus utensílios, é melhor ficar de olho nessa dica. 

Os potes de plástico, quando muito utilizados, além de passar por um longo processo de desgaste acabam por ficar manchados e, consequentemente, dificultam a limpeza como um todo. Por isso, ao utilizar potes de vidro, além de serem ecologicamente mais indicados, também possuem uma grande facilidade em relação à limpeza, permitindo uma otimização de tempo no processo de conservação e higienização.

Reutilizar e reciclar

A gente aprender a regrinha dos 3 “r” desde criança, mas nem todos levam a sério. Muito embora pareça ser algo clichê ou que escutamos o tempo todo, reutilizar e reciclar é realmente muito importante, tanto para conservar os alimentos quanto para reduzir a quantidade de desperdício no meio ambiente.

Vedar os sacos plásticos fará com que os seus alimentos possam ser reciclados. Cortar o gargalo de uma garrafa que você não deseja mais e utilizá-lo como tampa para fechar o saquinho também é uma boa ideia. Para isso, basta colocar o saco como se fosse fechá-lo na boca da garrafa e fazer uma breve torção para fechar.

Como conservar os alimentos: salsa e cebola

Algumas verduras e leguminosas podem ter um prazo de consumo ainda maior se você conseguir fazer com que ela se mantenham bem conservadas dentro de um determinado recipiente. Sendo assim, uma dica muito importante e orgânica merece a sua atenção.

Para fazer com que as ervas durem bem mais, basta congelá-las embebidas em óleo ou azeite e, depois, basta colocá-las na mistura do seu prato favorito, dando um pequeno choque térmico para retirar a crosta de gelo que, provavelmente, será formada.

Conservar frutas vermelhas

Outra grande dúvida de muitas pessoas consiste em como conservar as frutas vermelhas sem que elas murchem ou acabem manchando o local onde foram posicionadas. Por isso, todo o cuidado é necessário para que sejam muito bem adaptadas e não acabem perdendo o tempo de consumo necessário.

As frutas delicadas como amoras, framboesas e morangos devem estar sempre em uma única camada, evitando sobreposições. Sendo assim, não as coloque uma em cima da outra e permita que fiquem bem conservadas por muito mais tempo, com um consumo adequado e sem machucar as outras frutas ali presentes.

Conservar ovos

Todos devem saber que, na maior parte das geladeiras, há um compartimento específico para preservar os ovos. Eles são alimentos muito delicados e podem acabar quebrando com facilidade, caso estejam posicionados de maneira inadequada dentro da sua geladeira ou em outro ambiente.

Além disso, é válido lembrar que o local mais adequado para a conservação desse alimento em específico é exatamente na geladeira. Assim, você poderá fazer com que não estraguem logo na primeira semana. Lembre-se, também, de deixá-los bem longe de alimentos que possuam um odor muito forte.

Veja mais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *