Como evitar infecção urinária: dicas úteis

Como evitar infecção urinária

A dúvida sobre como evitar infecção urinária atinge tanto os homens quanto as mulheres. Para todos nós é mais difícil saber como cuidar da saúde em uma região tão específica. De todo o modo, é imprescindível buscar algumas dicas para melhorar a qualidade de vida e fazer com que esses sintomas dolorosos fiquem bem afastados de nossos corpos.

A infecção urinária é aquela que surge na região do trato urinário, podendo ser nos rins, ureteres, bexiga ou uretra. É muito comumente por algum tipo de bactéria, fazendo com que haja o aparecimento de dor, incômodos na hora de urinar e, muito comumente, um desconforto que parece atrapalhar toda uma rotina.

Como evitar infecção urinária: papel higiênico

Um dos grandes erros cometidos por muita gente na hora de usar o banheiro está exatamente na questão da utilização do papel higiênico. Até mesmo o posicionamento com o qual utilizamos essa pequena ferramenta pode mudar por completo a nossa saúde e prejudicá-la grandemente, caso não realizada da melhor forma.

Sabendo que a condição é trazida por bactérias que surgem do períneo e da região do ânus, é interessante que, limpar o ânus ou a vagina, o papel seja deslizado de frente para trás. Ou seja, o papel higiênico deve atingir, primeiro, a vagina e depois o ânus.

Higiene íntima

Muitos produtos são vendidos na internet e em farmácias como sendo milagrosos para um bom tratamento íntimo, mas muitas ginecologistas já comprovaram que a melhor maneira de cuidar da própria vagina é lavando com sabonete neutro e água. Assim, você evita mexer no pH da área vaginal.

A cistite é muito comumente causada por maus hábitos relacionados à higiene e, dessa maneira, também pode ser levada pelo excesso de limpeza na região. A flora natural possui germes que protegem o local e, consequentemente, impede que as bactérias que tenham algum intuito ruim cheguem até a região.

Banhos de banheira

Como evitar infecção urinária

Mesmo que banhos de banheira sejam um pouco mais raros, pelo menos aqui no Brasil, é importante ressaltar que eles podem ser os principais causadores de um verdadeiro problema na região íntima das mulheres. Ela é povoada por muitos tipos de bactérias que, consequentemente, vão acabar atingindo aquela determinada região.

Ficar dentro da água por muito tempo pode até parecer visualmente aceito, mas é muito provável que isso acabe acarretando uma infecção urinária daquelas. Então, se você quer evitar ficar doente, ao máximo, prefira os banhos de chuveiro. Além de mais práticos, eles são saudáveis e mantém o corpo em equilíbrio.

Como evitar infecção urinária: ducha vaginal

Uma das maneiras mais seguras de cuidar do seu próprio corpo é tomando banho de maneira adequada, evitando a utilização de produtos com aromas diferentes e, principalmente, aqueles que provocam espuma. Sendo assim, você já deve saber que o chuveiro será o seu melhor amigo.

No entanto, quando nos referimos à ducha vaginal, é interessante abordar o tema com certo receio. As duchas vaginais, ao contrário do que muita gente pensa, não ajudam na higiene íntima, além de acabarem proporcionando uma maior proliferação de bactérias na região.

Produtos químicos

Muito embora eles sejam vendidos de maneira tão comum quanto qualquer outro produto, aqueles que envolvem algum tipo de química podem representar um verdadeiro risco à saúde.  Perfumes, desodorantes e outros que podem ser utilizados para a higiene comum, se recostados à vagina, causam um grande estrago.

As bactérias podem acabar se aderindo ao local, fazendo com que a pele torne-se irritável e, por consequência, um pouco mais sensível em relação à contaminação. Se a região ao redor da sua uretra estiver com algum tipo de inflamação, a doença irá se manifestar com muito mais facilidade e, consequentemente, trazer um estado nada agradável para a saúde íntima.

Absorvente íntimo

Um hábito muito comumente difundido entre as mulheres e que, embora pareça ser inofensivo, acaba por prejudicar grandemente na saúde da vagina, e na propensão à infecção urinária, é a falta de troca do absorvente nos horários corretos. Caso isso seja realizado com frequência, as chances de infecção são bem menores.

A umidade do sangue pode ser muito prejudicial em alguns momentos e acaba por aumentar o risco da proliferação de bactérias. O absorvente íntimo muito cheio pode representar um aumento na umidade ao redor da uretra e, consequentemente, um ambiente extremamente propício para as bactérias.

Como evitar infecção urinária: relações sexuais

Muita gente já deve ter ouvido falar a respeito dessa técnica, mas é bem provável que tenham imaginado ser apenas um mito difundido pelas pessoas. No entanto, urinar após as relações sexuais representa um ato extremamente saudável para a saúde da sua vagina. Além de ser extremamente benéfico, ainda “lava” a uretra.

Durante o sexo, o atrito é o elemento mais comum e isso pode acabar fazendo com que algumas bactérias passem a povoar a região interna da vagina. Sendo assim, todo o cuidado é pouco e fazer xixi após o coito se torna indispensável.

Hidratação

Como evitar infecção urinária

Beber bastante água não apenas faz bem para a pele e para os rins, como também acaba por ser um verdadeiro aliado da limitação da infecção urinária. Por meio dessa dica, você pode saber que beber água com frequência, ou outros líquidos, fará uma grande diferença.

De acordo com estudos mais recentes, realizados com 140 mulheres, beber pelo menos 2 ou 3 litros de água acaba por ajudar a reduzir em 50% o número de casos que estejam relacionados à infecções. Isso inclui, mais especificamente, a cistite. Sendo assim, a melhor maneira de se prevenir começa nos pequenos atos.

Ir ao banheiro sempre que possível

Muitos estudos mostram que prender a urina por muito tempo é extremamente prejudicial tanto para a saúde da bexiga como para a dar sua vagina de maneira geral. Dessa maneira, sempre que você sentir vontade de urinar, vá até o banheiro para evitar maiores complicações no futuro.

Como evitar infecção urinária: antibióticos

Como evitar infecção urinária

O uso sem medidas dos antibióticos acaba por afetar todo o trato urinário. Dessa maneira, sempre que for possível, evite a utilização deles para melhorar a sua qualidade de vida e, principalmente, as infecções urinárias.

Veja mais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *