Vantagens e desvantagens de dietas

Vantagens e desvantagens de dietas

Muitas dietas populares acabam por ganhar as pessoas por meio de redes sociais e postagens a respeito de um emagrecimento milagroso. No entanto, o que muita gente não leva em consideração são as vantagens e desvantagens de dietas desse tipo, podendo fazer com que o seu organismo entre em colapso ao processá-las.

Para garantir que a sua saúde seja preservada e nenhum tipo de efeito colateral venha a surgir no seu corpo, dê uma olhada nas dicas e restrições informadas neste artigo. Aqui, menciono as principais dietas e como ter cautela com cada uma delas.

Vantagens e desvantagens de dietas: dieta Ravenna

A dieta Ravenna surgiu há pouco nas redes sociais e parece ganhar cada vez mais adeptos. O seu processo é realizado em duas fases e, por isso, pode apresentar grande perigo. A fase de redução e de manutenção, caso executadas de modo indevido, podem causar danos sérios ao organismo. Em um primeiro momento, a restrição de carboidratos é efetuada e, consequentemente, há uma rápida perda de peso.

O período de manutenção é aquele que consiste em um ciclo para toda a vida, pois ele consiste em uma época em que você deve reintroduzir todos os alimentos que foram cortados. Para isso, será necessário ter um bom acompanhamento nutricional e uma boa reeducação alimentar para garantir que tudo dê certo.

Uma das vantagens da dieta é que nenhum grupo alimentar é excluído do processo, apenas aqueles alimentos que possuem, em sua composição, farinha e açúcares do tipo refinado. Além disso, a preferência acaba por cair nos braços do melhor funcionamento do intestino, graças à introdução de fibras na alimentação.

No entanto, dentre as desvantagens que merecem ser mencionadas, está a questão do período de restrição, visto que são permitidas apenas 800 calorias diárias. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o consumo de calorias por dia deve ser de, pelo menos, 1.000.

Dieta Dukan

Vantagens e desvantagens de dietas

Esta é uma das dietas restritivas que possui mais de uma versão, o que pode acabar por representar um perigo ainda maior quando se trata da saúde. Tanto a sua primeira versão quanto a sua segunda versão foram criadas pelo médico francês denominado de Pierre Dukan, o que acaba por justificar o seu nome.

De uma maneira geral, a dieta prega que a alimentação deve ser baseada em proteínas, fazendo uma redução bastante expressiva dos carboidratos, bem como de frutas, legumes e verduras. Caso seja realizada de maneira muito repentina, pode simbolizar uma verdadeira problemática, causando pane no organismo.

Dentre as suas vantagens, a sensação de saciedade é bastante ampliada, já que as proteínas possuem uma digestão muito lenta e, consequentemente, deixam o nosso estômago cheio por bem mais tempo. Além disso, é bem mais fácil encontrar receitas que se adaptem a ela do lado de fora de casa.

Já as suas desvantagens possuem relação com a quantidade de gordura saturada e de colesterol que são consumidas durante a dieta. Sendo assim, é possível afirmar que o nível de colesterol ruim cresce muito mais do que deveria, podendo causar o entupimento das veias e problemas cardiovasculares.

Dieta Paleolítica

Para quem não sabe, o Período Paleolítico é aquele que nos antecede enquanto humanos, onde as pessoas possuíam hábitos diferentes, costumes diferentes e, principalmente, uma alimentação diferente. Tomando isso como base, uma referência histórica, é válido afirmar que uma mudança tão radical pode causar sérios problemas.

De uma maneira geral, a dieta prega que nós precisamos nos alimentar da mesma maneira que os nossos ancestrais faziam. A carne vermelha, as sementes, as castanhas e os carboidratos devem ser consumidos de maneira diária, possibilitando uma adequação aos velhos, e antiquados, costumes adotados por uma civilização que viveu há centenas de milhões de anos.

Dentre as suas vantagens, ainda é possível mencionar uma alta ingestão de fibras, vitaminas e a pouca ingestão de sal, o que mantém a pressão regulada. Além disso, mudar os hábitos em uma perspectiva mais ampla elimina o tabagismo e faz com que nós nos exercitemos com maior frequência.

Em suas desvantagens, a exclusão do leite e de seus derivados da alimentação pode acabar causando uma grave deficiência de cálcio no organismo. Isso se deve ao fato de o leite ser uma das principais fontes da substância. Ainda assim, as opções extremamente restritas dificultam o convívio social, podendo causar dificuldades ao ir para um restaurante.

Vantagens e desvantagens de dietas: dieta DASH

Muito embora esta dieta em específico tenha sido criada com o intuito de auxiliar pacientes que possuem pressão alta, ela acabou por ser difundida de uma maneira nada adequada. A DASH consiste na escolha de alimentos de modo bastante balanceado, não pregando qualquer que seja a restrição.

Dentre as suas vantagens, é possível mencionar a redução da quantidade de sódio consumida diariamente, além de que os alimentos a serem escolhidos são extremamente ricos em nutrientes. Isso faz com que a pressão arterial seja reduzida pouco a pouco. O consumo de doces, ainda que moderado, ainda é permitido.

Em suas desvantagens, é preciso falar a respeito de que a DASH não é para perder peso, exclusivamente. Foi feita para controlar as taxas de pacientes com a pressão elevada, ajudando-as a seguir um caminho mais saudável. Quem sofre com problemas de pressão baixa pode se sentir extremamente mal ao seguir a dieta.

Dieta dos 22 dias

Vantagens e desvantagens de dietas
Green apple and Weight scale,measure tap with fresh vegetable, clean water and sport equipment for women diet slimming. Diet and Healthy Concept

Durante 22 dias, você vai precisar se livrar de qualquer tipo de alimento que possua carne, bebidas alcoólicas, alimentos processados, glúten e laticínios. Divulgada pela cantora Beyoncé, não era para menos que iria se popularizar rapidamente. A dieta distribui o cardápio em 80% de carboidratos, 10% gorduras e 10% de proteínas.

Dentro das vantagens a serem mencionadas, está a questão da restrição de alimentos processados, fazendo com que haja uma melhor relação com sódio, gorduras e açúcares. Além disso, a redução de bebidas alcoólicas propiciam ao organismo uma baixa na absorção de calorias.

A grande desvantagem da dieta, em si, é que ela não é nutricionalmente equilibrada. Além disso, não há um programa a ser seguido quando os 22 dias acabam, podendo proporcionar um ganho de peso muito mais rápido no período que se segue.

Veja mais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *